Demoro cerca de 20 minutos para andar até o escritório. No escritório é onde temos livros, internet e minha mesa. Mas meu trabalho verdadeiro fica bem longe dali. 90% do meu tempo fico no campo, aprendendo e procurando por sinais da ilusiva onça pintada. Tenho um dos maiores escritórios do mundo… Com mais ou menos 130 000 quilometros quadrados o Pantanal certamente é uma das maiores áreas selvagens do planeta.

Mas voltando a caminhada. Eu poderia ir de carro, mas isso me faria perder a oportunidade de diariamente ver e aprender algo novo. Prefiro andar. É muito bonito. Sempre carrego comigo minha câmera quando ando até o escritório.

Nunca se sabe o que vai se ver!

Abaixo uma seleção das fotos que tirei em minhas duas primeiras semanas de Pantanal… durante minhas caminhadas até o ecritório. Aprendi uma lição: Sempre olhar o que esta acontecendo ao meu redor, enquanto procuro por um sinal de internet…Afinal,estou trabalhando num dos lugares com a maior biodiversidade do planeta.

Aproveitem a caminhada…

I just love the blues in this picture of an old spiderweb strung up between the wires of a fence.

Adoro os tons de azul dessa foto de uma teia de aranha feita entre dois fios de cerca.

The setting sun often throws out the most beautiful colours. An everyday scene can be transformed momentarily into a real spectacle.

Lindas cores no pôr do Sol. Uma cena comum que em momentos se transforma em espetáculo.

The football (soccer) field just after the sun has risen. The dew still thick on the lush lawn.

O campo de futebol logo após o Sol nascer. Ainda da pra ver o orvalho.

Gray-breasted Martins gather as the sun rises.

Andorinhas ao nascer do Sol.

A recently born calf. Each day I watch this beautiful creature growing up. Of course I greet him each morning in my best portuguese "Bom dia".

Um boi recém nascido. Vejo ele crescer todos os dias.

The bridge over which I walk each day.

A ponte que atravesso todos os dias.

Turquoise-fronted Amazon - one of the nosiest birds in the Pantanal

Papagaio, um dos pássaros mais barulhentos do Pantanal

A Plumbeous Ibis searches the water for a small meal.

Curicaca procurando sua refeição.

Guests at Caiman Ecological Refuge go out for guided afternoon paddle. Going out on the canoes changes the whole perspective and allows for incredibly close and intimate encounters with wonderful birdlife.

Hóspedes do Refúgio Ecológico Caiman durante um passeio de canoa. Um ótimo jeito de chegar ainda mais perto dos pássaros.

Written and photographed by Adam Bannister

Comentários

Envie sua mensagem