Lembram-se da história das irmãs Isa e Fera, que foram reintroduzidas no Refúgio Ecológico Caiman em 2016? O monitoramento das irmãs pós soltura foi muito intenso, e sabíamos que elas estavam muito bem, pois estabeleceram territórios, caçavam suas próprias presas e acasalavam com alguns machos. Os frutos das cópulas chegaram no ano de 2018, quando Isa e Fera conheceram a maternidade pela primeira vez. Isa teve uma única filhote, a Aurora, e Fera um casal, Ferinha e Céu. Todos cresceram fortes e saudáveis, logo tornando-se independentes.

Recentemente nossa equipe constatou através de avistamentos e imagens captadas pelas armadilhas fotográficas que as filhotes estão sexualmente maduras e já estão copulando pelas matas da Caiman. Ferinha já copulou com dois machos, o Victory e o Magrão, enquanto que Aurora copulou com um grande macho, o Tupã.

Veja abaixo imagens captadas pelas nossas armadilhas fotográficas da Ferinha com Victory e com Magrão:

Quem diria? Isa e Fera, duas irmãs que tornaram-se órfãs com tão tenra idade e que provavelmente passariam a vida em cativeiro, hoje exibem grandes territórios, cuidam de suas crias e logo logo também serão avós.

Envie sua mensagem