Recentemente o governo boliviano começou a receber denúncias sobre a venda de partes de onças-pintadas, principalmente as presas (dentes), nas dependências do país, que é vizinho do Brasil.

Nos últimos anos o governo de Evo Morales concedeu obras públicas milionárias a empresas chinesas, aumentando significativamente o fluxo de imigrantes chineses para a Bolívia. Isso começou a despertar um interesse destes, por partes do maior felino das Américas, a onça-pintada.

Desde então a demanda por partes como dentes, garras, pele, e até mesmo o crânio de onças, vem aumentando exponencialmente no território boliviano, tendo feito com que a caça por esses animais aumentasse muito, colocando em risco um dos maiores felinos do mundo, e símbolo das Américas.

Presas de Onça-pintada encontrada em posse de caçadores. Fonte: Imagens da internet.

Em algumas pequenas cidades de lá, os traficantes colocam anúncios em rádios, informando aonde os caçadores podem levar as presas e outras partes para serem vendidas.

Chineses também vem investindo em outros países como Suriname, onde casos de onças-pintadas mortas tem sido mais frequentes. Pauline Verheijda organização sem fins lucrativos International Fund for Animal Welfare (IFAW), ressalta: “É muito provável que a entrada de cidadãos chineses tenha expandido o mercado doméstico de partes de onças no Suriname”.

Fotos obtidas de mídias sociais por investigador, mostra onças provavelmente mortas para venda de partes.

O problema atravessa fronteiras

Apesar do surto de caça estar ocorrendo no nosso vizinho, autoridades do Ibama já registraram um aumento no número de apreensões de partes de onças-pintadas no território Brasileiro, e segundo a inteligência do órgão, boa parte destas está sendo comercializada para a Bolívia para entrar no fluxo do comércio chinês.

Cabeças de onças-pintadas encontradas pelo Ibama. Fonte: BBC Brasil

Amanhã pode ser tarde demais

O mercado chinês é responsável por milhões de animais mortos todos os anos, em todo o mundo. E esta demanda já dizimou milhares de populações animais, já causou a extinção de algumas espécies, e já colocou dezenas de outras espécies à beira da extinção, como os rinocerontes na África, tubarões nos mares do mundo e os tigres em todo o sudeste Asiático.

Em pleno século XXI, com tantos avanços tecnológicos e estudos na área médica, não é admissível a alegação desta prática como  de cunho cultural, ou como medicina alternativa. Esta “cultura” está causando um impacto possivelmente irreversível, e se algo não for feito urgentemente, nossos filhos e netos não terão a chance de viver no mesmo planeta com as mais magníficas espécies animais que já existiram.

Onça-pintada morta provavelmente para alimentar o mercado asiático. Foto: Proteção Animal Mundial

Como atenuante a este cenário, essa onda impulsionada pelo mercado Asiático, ocorre bem durante o tenso debate da PL da caça. Enquanto lutamos para evitar o massacre da  biodiversidade como um todo, uma lei nefasta que libera a caça e descriminaliza esse ato no Brasil, está em tramitação no congresso.

E nós, o que vamos fazer?

Para o mal triunfar, basta que os bons fiquem de braços cruzados

 

Por: Gustavo Figueirôa/ Biólogo, Especialista em Manejo e Conservação da Fauna Silvestre.

Comentários

  • […] e tigres. Esta demanda milenar por partes de animais já atinge a América Latina, onde onças-pintadas estão sendo mortas para que suas presas e ossos abasteçam a demanda do mercado asiático, que a cada dia tende a […]

  • Andre Damiani disse:

    Ficar de bracos cruzados jamais! Sou apenas um brasileiro morando nos EUA porem louco por oncas a a biodiversidade dos nossos biomas. Sigo praticamente todos os projetos, institutos de protecao a oncas pintadas porem nao vejo articulacao e projetos pu campanhas de arrecadacao em conjunto. Lives no Youtube com superchat para contribuicoes, ou mesmo hang out com biologos, comunidade local ou mais projetos seria otimo. Procurar artistas ou mesmo Youtubers com muitos inscritos para promover a causa. Atualmente, posts no FB ou insta raramente pedem contribuicao ou para as pessoas se inscreverem.Ficou claro nessa ultima eleicao, hoje as midias socias sao de extrema importancia. Ainda, embora todos queremos ver fotos e videos lindos de oncas, acho que vcs devem SIM mostrar as aberracoes que cacadores fazem para alertar o povo. Devem SIM encourajar denuncia e “criar” our “indicar” os canais e meios cabiveis. Os cacadores estao se articulando e aperfeicoando e se nao tivermos uma postura mais arrojada e articulada nessa luta, sempre perderemos..

  • Hélio fontes disse:

    Esses malditos caçadores teriam que ser exterminados da face da terra,canalhas assassinos sem escrúpulos os governos dos 3 paises teriam que combater esses assassinos, é inconcebivel que os dirigentes deixem essa matança continuar!!!!!!!!

  • Lidia Santana disse:

    Ainda somos uma raça primitiva e hostil…e os chineses ainda mais!!

Envie sua mensagem