Os últimos 4 blogs que se tratavam dos trackers, falavam de como esses Sul Africanos tem ajudado o Projeto Onçafari. Eles estão mais ou menos na metade de sua estada conosco aqui no Pantanal e acho que essa é a oportunidade ideal para apresenta-los as onças que os trackers, e toda a equipe Onçafari passa os dias e noites procurando e habituando

Pelos padrões das pintas assim como outras marcas, como cicatrizes por exemplo) é como conseguimos identificar cada onça. Cada uma é diferente. Leva um pouco de tempo para acostumar os olhos a conseguir identificar as diferenças entre uma e outra onça pintada. Quanto mais tempo se passa com determinado indivíduo fica mais fácil também de identifica-lo tbm por sua personalidade.

Nos últimos dois ano já identificamos 27 indivíduos. Alguns vimos poucas vezes pois apenas cruzam a área onde estamos , outros são residentes, usando o Refúgio Ecológico Caiman como casa. Abaixo vou apresenta-los a algumas das onças com as quais trabalhamos, as

Desfrutem das onças do Onçafari

FANTASMA

This is the resident and dominant male in the core research area. He is huge. Telltale battle scars on his face suggest he has been around for many years. We estimate his age at somewhere between 10 and 13. His name ‘Fantasma’ can be directly translated to ‘Ghost’. One of the main reasons he acquired this name is his ability to just appear out of nowhere. We can go weeks without seeing any trace of him and then suddenly he will arrive. He has been seen by nearly every camera trap we have set up and we believe his territory to be gigantic!

O Fantasma é o macho dominante na região sul do Refúgio Ecológico Caiman. Estima-se que seu território tenha cerca de 17.000 ha, ou 170 Km quadrados.
Ele aparece em todas as armadilhas fotográficas que colocamos na região.
Por ser o macho alfa, pressupõe-se que ele seja pai da maioria dos filhotes que nasceram durante o Projeto Onçafari.
É o senhor de seu território e esta confiança se traduz em uma indiferença incrível em relação aos veículos com observadores. O Fantasma já proporcionou belos e longos avistamentos durante os quais foi observado se alimentando, caminhando e principalmente dormindo, sem se preocupar com nossa presença. Já foi observado inclusive brigando com uma fêmea, a Teorema, em uma disputa por carcaça.
Ele recebeu esse nome por ter, em relação a maioria das onças pintadas, poucas pintas na parte anterior de seu corpo e também por surgir das matas de repente, assim como um fantasma. – Adam Bannister

ESPERANÇA

Esperanza means ‘hope’ in Portuguese. She was given this name as she provided the Onçafari team with the hope and encouragement that we are achieving our goals. She is one of the most important female jaguars of the project, with her territory falling very central to or research area. She is currently wearing a GPS radio collar, which has allowed us to follow her movements very closely. We estimate her birth date around 2007. She has had three litters that we are aware of. 2009, February 2012 and May 2013.

A Esperança é a onça que vemos com maior frequência no Projeto Onçafari. Sabemos de pelo menos 3 diferentes crias dela sendo que a Natureza, nascida em 2012, é uma das onças mais habituadas no Refúgio Ecológico Caiman. A própria Esperança vem mostrando-se bastante habituada, permitindo ao time do Onçafari presenciar cenas incríveis de caça, da interação entre mãe e filha e entre outras fêmeas.
A Esperança foi quem nos “ensinou” que onças também gostam de descansar em galhos de algumas árvores, já que foi a primeira onça a ser avistada por nossa equipe em cima de uma árvore da espécie Tarumã.
Seu nome, Esperança, foi escolhido por concurso na página do Facebook do Projeto Onçafari.- Adam Bannister

NATUREZA

Born in February 2012, she is the daughter of Esperanza. She is a very relaxed jaguar and proved to the team that the strategies being applied to habituate these cats were working. Natureza went independent from her mom at the young age of 14 months. Upon going independent she was driven out of her natal area by her mom and sightings have now become very infrequent of this gorgeous female.

A Natureza foi o segundo filhote a nascer de uma mãe parcialmente habituada pelo Projeto Onçafari.
Ela é a onça mais habituada que temos no Projeto, o que comprova a teoria de que filhotes nascidos de mães parcialmente habituadas são os que ficam mais tranquilos durante os avistamentos. Além de aceitar perfeitamente a presença de veículos, a Natureza é muito curiosa. Constantemente aproxima-se do carro e certa vez dormiu a 5 metros de nós.
Já foi avistada alimentando-se de ovos de jacaré, em cima de uma árvore com sua mãe Esperança e também tentando caçar jacarés e um tamanduá-bandeira.
Ela recebeu esse nome após concurso realizado entre as crianças do Refúgio Ecológico Caiman. – Diogo Lucatelli

CHUVA

The word ‘Chuva’ means rain in Portuguese. She was captured in October 2011 in the pouring rain. As a sign of happiness, potential, fertility and fresh beginnings she was named Chuva. In 2012 she was seen a lot, but it appears as if Teorema may have driven her out of her homeland. Sadly her collar no longer works. She had a daughter back in January 2012 and this cub was named Garoa, meaning drizzle- Mario Haberfeld

A Chuva foi a primeira onça a fazer parte do Projeto Onçafari. Por ser fêmea e ter seu território inteiro dentro dos limites do Refúgio Ecológico Caiman, possuindo assim os requisitos para fazer parte do Projeto.
O nome escolhido, “Chuva”, representa um recomeço de um novo ciclo e traz esperança após as secas para todos os seres que habitam o Pantanal.- Mario Haberfeld

GAROA

The female offspring of Chuva. Garoa was born around January 2012. A number of recent sightings of her alone suggest that she went independent at around 14-15 months of age.

A Garoa foi o primeiro filhote a nascer no Projeto Onçafari. Seu nome foi dado por ela ser filha da Chuva. Sua mãe foi vista com o macho dominante na região, o Fantasma, e desconfiamos que ele seja o pai. Os muitos encontros com a equipe do Projeto, desde bem cedo em sua vida, contribuíram para a tolerância e descontração que esta fêmea tem demostrado na presença de nossos veículos.
Ela já foi avistada escalando e descansando em cima de uma árvore, brincando com sua amiga Natureza (outro filhote nascido durante o Projeto Onçafari) e também com um macho muito tímido. – Adam Bannister

TEOREMA

Fitted with a GPS collar back in April this year Teorema is also a valuable asset to the team. The technology on her collar is such that we are able to get a very good idea of exactly what land she is using and when. Teorema is believed to have been born around 2006 and has had two litters that we know of. The first we are aware of was of a male back in October 2011. The second litter is a single cub born in April this year. This single cub has been seen once in person, and a handful of times on camera trap. Teorema’s territory surrounds the large lake in the area and as such she is a very aquatic jaguar. Tracking her often involves wading waist deep in piranha-infested water. At only 3,5 months of age her little cub was swimming hundreds of meters through open water!

Esta fêmea, acompanhada desde o início do Projeto através de armadilhas fotográficas, vem sendo cada vez mais vista por nossa equipe. Ela tem um filhote chamado Pitágoras, também nascido durante o Projeto.
A Teorema é uma fêmea que nada bastante para caçar e se deslocar de um ponto ao outro,característica típica de onças que habitam nas terras alagadas do Pantanal.
Em maio a Teorema teve nova cria. Estimamos que nos próximos meses esses filhotes tenham os primeiros contatos com a equipe do Projeto. Guiados por uma mãe semi-habituada, as chances de ótimos avistamentos no futuros são bastante promissoras. – Diogo Lucatelli

Teorema's advanced collar allows us to get great insight into her movements. This Google Earth image allows us to see her movements over the last 5 months. The distance from the top point to bottom point is roughly 22 km. Activity Colour Key: Red - high Orange - medium Blue - low White - outliers

O avançado sistema do colar da Teorema nos permite saber por onde ela anda. Essa imagem nos mostra por onde ela passou nos ultimos 5 meses. A distância entre o ponto mais ao Norte e o ponto mais ao Sul é de mais ou menos 22KM.
Grau de atividade por cor:
Vermelha – alta
Laranja – média
Azul -baixa

 

When one zooms into the highest activity areas one can begin to see individual points. Each point represents two hours. In the top left you can see the high accumulation of points - this is the den site where her cub was born on 21 April this year.

Quando damos um zoom na imagem conseguimos ver cada ponto individualmente. Cada ponto tem uma diferença de 2 horas. Onde se vê uma grande concentração de pontos  acima a esquerda, é onde era sua toca quando deu cria a um filhote no dia 21 de Abril desse ano.

 

A camera trap picture of Teorema's cub aged 3 and a half months.

Foto de armadilha fotográfica. Filhote da Teorema com 3 meses e meio de idade.

PITAGORAS

Teorema’s son, born back in October 2011. He went independent from his mother at 17-18 months. Sightings of this male have dried up in the last few months, as I believe he has had to move out of the area largely due to the presence of the much larger Fantasma. He was named Pythagoras, due to a set of clear triangular shapes on his coat. His mother was subsequently named Theorem to make up Pythagoras Theorem.

O Pitágoras é outro filhote nascido durante o Projeto Onçafari e também tranquilo em relação a nossa presença.
Apesar de ser macho e já estar independente da mãe, continua circulando por áreas do Refúgio Ecológico Caiman. Ele é muito grande, forte e talvez tenha o potencial de assumir o território do Fantasma (atual macho dominante) daqui há algum tempo.
Apesar de muito jovem, o Pitágoras já foi flagrado por armadilhas fotográficas, caminhando com uma fêmea mais velha.
O Pitágoras recebeu esse nome devido a um padrão de pintas em forma de triângulos estampados em sua pelagem. Diogo Lucatelli

YARA

Yara is believed to be the oldest female jaguar that we currently view at Caiman Ecological Refuge. We estimate her to have been born in 2002. The Jaguar Conservation Fund collared her many years ago, in 2005. That collar has since fallen off and she continues to roam around in her old age. She is a very large and relaxed female that oozes power and presence. Sightings and interactions between Yara and Esperanza suggest that there is the possibility that the two may be related. Yara must have had many litters in her life; the one we know very well was in August last year.

Sua face, coberta por marcas e cicatrizes não nega que das fêmeas que acompanhamos ela é a mais velha. Acreditamos que ela possa ser mãe de outras onças do Projeto como a Chuva e possivelmente a Esperança, o que a tornaria avó da Garoa e da Natureza.
Sua longa vida no Refúgio Ecológico Caiman e os vários encontros com hóspedes, a acostumou ficar relaxada na presença de nossos veículos.
A Yara recebeu esse nome após concurso na Página do Facebook do Projeto Onçafari. Yara, em tupi-guarani quer dizer deusa das águas. O primeiro avistamento que tivemos dela foi a beira de um açude..- Adam Bannister

FILHOTE DA YARA

Born in August 2012, this jaguar can no longer be called a cub. The name just stuck and he will be renamed shortly. Yara’s cub has a wonderful temperament and is very relaxed around the cars. He has provided me with my two best sightings in the last 4 months. In late August 2013 he was seen with puncture wounds in his face and neck, this all suggests that he is reaching independence and starting to become a threat to the other male jaguars in the area. I am always amazed at how large this jaguar is for his age.

Nos primeiros encontros com o Onçafari, este filhote se mostrou bastante desconfiado e desconfortável, ao contrário de sua mãe. Hoje, depois de muitos encontros, ele já entendeu que não há nada a temer em relação aos veículos do Onçafari.
Em recente avistamento, que durou mais de 4 horas, ele se aproximou do carro por conta própria.
O acompanhamos frequentemente apesar da Yara (sua mãe) nunca ter usado colar.
Ele ainda não tem nome. – Adam Bannister.

Escrito por Adam Bannister

Comentários

Envie sua mensagem